Falar com o Rondi

Blog

#ÉissoFazisso #InteligenciaEspiritual

Há alguns dias, estava conversando com a @denisemenezesm sobre voluntariado nas igrejas e em um dado momento, ela usou um termo que eu nunca tinha escutado: INTELIGÊNCIA ESPIRITUAL. (chamarei de I.ESP) Achei tão interessante, que resolvi dividir contigo o que acredito ser essa tal inteligência. Certamente ela existe, mas não me dei ao trabalho de pesquisar sobre, pois senti fortemente que deveria escrever isso. Tal certeza foi fortalecida hoje, após receber o e-mail de uma amiga que, após longos anos, resolveu voltar à mesma igreja que havia saído por mágoa. É isso mesmo. O cristão também magoa e em proporção maior do que os não cristãos, porque destes, pelo menos na teoria, não há de se esperar um comportamento condizente com o de quem diz seguir a Cristo.
Para continuar, preciso te dizer uma coisa séria: Se você não tiver I.ESP, você pode se escandalizar, por isso digo, se não está preparado(a) pare a leitura aqui.
.
.
.
Continuou? Pois lá vai:
Nem o “mais santo” dos homens vive integralmente o que prega. NENHUM. “TODOS PECARAM” e pecam e é uma cegueira de sua parte acreditar no papai Noel, no saci Pererê e no irmão, pastor, padre, apóstolo, etc… perfeito.
Agora, vejamos, se nem o líder, que é a influência, tem sua conduta completamente ilibada, você acha que os demais terão? (Não generalize, por favor). NÃO “botar fé” nisso, já é um grande indício de que se tem I.ESP. Exigir isso é falta de inteligência cognitiva.
Entenda a conversa: Eu sirvo a Deus através da igreja local. Eu dou treinamentos para revitalização de igrejas e um dos temas é a importância do voluntariado. E voluntários são… ADIVINHA? PESSOAS… E as pessoas são ______________.
Eu não sei o que você escreveria, mas para mim são “complexas” e precisam ser compreendidas.
Pensando nisso, lembrei do alerta do apóstolo Paulo em sua segunda carta dirigida ao jovem Timóteo, no capítulo 3. Lá, ele fala que nos “últimos dias” surgirão pessoas com algumas características, a saber:

“egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder…” Eu queria ter a felicidade de dizer que estas pessoas estão fora da igreja, mas infelizmente não estão. É com este tipo de pessoa que servimos. Quer ver? Reveja todos os adjetivos calmamente e lembre de alguém que é assim na sua igreja local. Agora levante a mão se lembrou de alguém.
Permita-me pedir outra coisa: Reveja todos os adjetivos calmamente e diga quantos desses adjetivos se encaixam perfeitamente em você?
Você guarda lugar? É egoísta, pois pensa na cia que quer ter ao seu lado.
Você tem dificuldade de ofertar? É avarento (a).
Você acha que porque tem cargo ou é amigo do pastor, pode estacionar seu carro onde quiser? Você é presunçoso (a), se faz confusão por isso, é arrogante.
Você fala mal de alguém “pedindo oração”? Você está blasfemando algo sagrado para Deus.
Preciso dar um exemplo para cada?
Aí você quer mudar de igreja ou abandonar Jesus por conta de pessoas parecidas com você? Poupe-me. Poupe-se.
Somos todos iguais, salvos pelo mesmo amor.
E o que seria então a tal da I.ESP?
É ser inteligente ao ponto de entender que todos precisamos ser observados com o mesmo olhar de misericórdia que Deus teve.
Inteligência cognitiva aprende-se estudando. Inteligência emocional aprende-se treinando, cada uma das sete inteligências múltiplas de Howard Gardner aprende-se de alguma forma, mas a I.ESP, apenas o ESPÍRITO SANTO pode te dar.
Se pretende continuar servindo ao corpo de Cristo peça a Deus para ter a I.ESP, do contrário, cometa o erro relatado em provérbios 18:1

Ainda tenho dois pedidos: Se você conhece o(a) “problemático(a)” compreenda-o e se não consegue conviver com ele, tome uma providência sem machucá-lo, sem falar mal pelas costas e sem abandonar a igreja por conta disso.
Se você é o(a) “problemático(a)”em nome de Jesus, mude.
Por fim, jamais esqueça do verdadeiro propósito.
.
Se você entrar na igreja por conta das pessoas, por conta delas mesmas você sairá.